Friday

Makejeite?????









Na praia dos estudantes a Natureza com ajuda da” erosão”deu-nos uma praia, que não existia há 40 anos atrás (A areia da praia forma-se à superfície da Terra pela fragmentação das rochas por erosão, por ação do vento ou da água).


4 comments:

Anonymous said...

No outro lado da praia quando retiraram o restaurante da praia, foi colocado grandes pedras para sustentar alguns deslizamentos de terras, pedras essas que se integram perfeitamente no ambiente natural sem ferir a vista, porque não se optou pela mesma solução neste lado da praia? Não entendo, alguém no poder pode explicar este atentado ao ambiente.

engenheiro paisagístico said...

A solução aqui seria a injecção de betão no solo da propriedade, a plantação de vegetação herbáceo-arbustiva autóctone, tendo como principal objectivo o controlo de erosão, e pedra nem mais, sei do que estou a falar.

Anonymous said...

Um grande atentado ao nosso património natural, chocou-me profundamente estas imagens, tenho 51 anos, nasci no Hospital Velho, lembro-me na minha juventude e em especial durante as férias da escola todos os dias era aquela caminhada, chinelos nos pés toalha ao pescoço a caminho da praia da Batata, a praia dos estudantes ficava como passagem para o Pinhão com a maré vazia depois daquela peladinha matinal no areal da Batata, este recanto dos Estudantes é um museu natural um local extraordinário para aqueles que procuram um pouco mais de sossego, onde a leitura aconselha, é pena. Devo dizer que há muitos anos não vou a esta praia, hoje tenho carro, sou um materialista como muitos de todos vós, e talvez por isso estas coisas passam despercebidas a todos aqueles que temos orgulho da terra onde nascemos, os arquitectos que aprovaram isto não devem ser de Lagos, e vêem a casa do Canelas como prioridade a defender do invasor mar.

Anonymous said...

A sua concepção apressada na aprovação de projectos e a natural falta de visão de politicas urbanas, dando de barato a qualidade arquitectónica da intervenção, dá nisto.

Zé das Cabras