Saturday

Aljezur



Habitado desde tempos pré-histó­ricos, Aljezur conserva importantes traços da cultura mirense e vestígíos da passagem de romanos e árabes. Do castelo, alcandorado no alto de uma colina, avista-se a pitoresca vila algarvia, povoada de gente simples, de vidas desprovidas de grande conforto e costas vergadas no árduo trabalho do solo segundo métodos tradicionais. Embora em deplorável estado de conservação. O castelo mantem intacta a cerca e as duas torres que sobem aos céus. A nova Aljezur cresceu, regradamente, longe da sua protecção, mas a velha vila, de tranquilas ruas, continua próxima da sua guarda. Entregue-se aos prazeres simples, passeie pela pacata povoação e saboreie uma caldeirada bem apurada. Antes de correr atrás do ar vivificante das praias limitrofes, leve como recordacção uma manta de trapos ou cestos em vime.À volta de Aljezur estendem-se vastas planicies de água e finos areais convidativos à solidão e à fuga das grandes multidões. A praia da Arrifana, aconchegada entre penedias, apela a um refrescante mergulho. Do miradouro, junto às ruinas da fortaleza setecentista, a imensidão do mar que banha as majestosas escarpas num festival de branca espuma faz temer pelos frágeis barcos que, melindrosamente, flutuam ao sabor das ondas. Na linha do horizonte, o azul do mar beija o azul do céu e no alto da falésia a leve brisa traz o cheiro da maresia.

Descobrir o Algarve CM

4 comments:

Julio D. said...

Saudades da Minha Terra,obrigado.

Makejeite said...

BELO CONJUNTO DE FOTOS.

Makejeite said...
This comment has been removed by the author.
Makejeite said...
This comment has been removed by the author.