Wednesday

Vila do Bispo


Vila do Bispo vive encantada na atmosfera de lendas e histórias antigas do tempo em que os bravos navegadores portugueses deram "novos mundos a conhecer ao mundo". Na vila, de casario branco semeado entre colinas de urzes e rosmaninho, elevam-se rústicos moinhos, tristes e desolados porque perderam as velas, que em tempos mais felizes, dançavam ao vento. A caminho de Sagres, de passagem pela povoação, não deixe de visitar a Igreja Matriz bonita pelas suas imagens e azulejos do século XVIII.
O promontório de Sagres avança sobre a imensidade do oceano, evocando a misteriosa figura do Infante D. Henrique e a época áurea dos Descobrimentos. Dentro das muralhas da fortaleza, perdura a enigmática rosa dos ventos desenhada no solo com pedras toscas, que partem de um centro comum. Fora do recinto, dois ou três vendedores trocam as tradicionais camisolas da tã, as colchas e naperons de renda por alguns euros.
Por entre a bruma nostálgica dos dias cinzentos, recorta-se o cabo da São Vicente, local de importantes batalhas navais. Vá até ao promontório sagrado, onde se ergueram santuários a deuses esquecidos e disfrute de um magnífico espectáculo natural, em que o rugido das vagas embatendo nos rochedos se mistura com o azul-esverdeado da água cristalina.

photo- Praia do Castelejo

Descobrir o Algarve CM

11 comments:

Anonymous said...

Reino do ALGARVE ou ALLGARVE

Anonymous said...

ALGARVE forever...........

Anonymous said...

Apesar de todos os erros cometidos desde os anos 60 no Algarve em matéria de urbanismo e ordenamento do território, do contínuo apetite voraz dos empresários da construção civil e do ramo hoteleiro, da falta de coragem política dos autarcas para dinamizar os seus concelhos de uma forma sustentável e que não comprometa o futuro dos que nos hão de proceder, a nossa região continua a oferecer condições competitivas excelentes, nomeadamente no que respeita à actividade turística. No entanto, a identificação deste factor competitivo, e de outros, de nada nos serve se não forem tomadas as medidas correctas no sentido de tirarmos proveito das condições privilegiadas que temos nesta matéria. A identificação dos factores de competitividade da região algarvia, a prioritização e definição de metas a nível regional deveria ser uma reivindicação de todos quantos gostam do Algarve.

Anonymous said...

Desenvolvimento económico só para os ricos não, obrigado! ...

Anonymous said...

allagarve pk nao traduz a influençia boa de dois povos que passaram aqui e fazem com que sejamos diferentes do Pais que naõ é o meu .portugal suga os recursos do meu algarve e faz com que muita gente minha amiga emigre mas mais tarde ou mais cedo as pessoas vao acordar algarve ate morrer.

Vieira Calado said...

Fui professor na Vila do Bispo. Nessa situação, frequentemente visitava as prais da chamada, aqui no Barlavento, Costa Norte. As praias da região têm uma beleza selvagem, quase inviolada, que impressionam vivamente quem apenas conhece as praias da orla sul do Algarve.

JJJ said...

Saudações de Armação de Pêra

Anonymous said...

Tb sou do algarve:)

seria pedir mt se me colocasses um post sobre o lançamento do meu livro?
se n se importasses colocarias um igual a este, com os links e a imagem tb (para facilitar):

http://blogdapontamentos.blogsome.com/2007/09/11/

Estou lhe desde já mt grato. E claro, espero que apareça. Se nao for em Lisboa, depois no algarve:)

abraço
cumps
Tiago

alfacinha said...

fotografia linda as praias algarvias adoro

F Nando said...

Um local mágico Sagres e toda a Costa Vicentina.
Já denunciei e nunca somos de mais alertar para o estado de iminente derrocada do Forte de Beliche.

Anonymous said...

reported a lot of people payment your financial products before its due together with without penalties
A respected credit card debt charitable organisation expects numerous many people using all of them to get aid about payday advance debts to be able to two times it. arrears nonprofit charities tells near used the particular short-run, increased curiosity financial loans this current year. All the nonprofit charities pronounces three years back the number of clientele with them appeared to be unimportant.
kredytybezbik24.net.pl
kredyty bez bik na dowód
pożyczka na dowód na poczcie
szybka pożyczka prywatna
kredyty chwilówki myślenice

http://kredytybezbiku.biz.pl
http://kredytybezbiku.biz.pl
http://szybkapozyczkaonline.com.pl