Saturday

Lagos


A larga e colorida marginal de Lagos espelha a beleza e a diversidade de encantos que a cidade encerra. A avenida dos Descobrirnentos, com troços de muralhas viradas para o mar, estende-se até à doca, que vive do eterno frenesim de barcos que chegam e partem, com homens que, desde muito cedo, aprenderam os segredos dos oceanos. Observe os pescadores que, pela milésima vez, preparam mais um dia de faina e saiba das esperanças que a estátua do Infante D. Henrique, de olhos fixados no mar, alimenta sobre novos descobridores e gloriosas viagens.
As labirínticas e estreitas ruas tornam a condução em Lagos um autêntico quebra-cabeças, quanto mais não vale um descontraido passeio pedonal pela cidade, que fervilha de côr e movimento traçado por conterrâneos e estrangeiros que se cruzam com a indiferença que brota do hábito e da familariedade, aproveite para conhecer a igreja de São Sebastião, detentora de um explêndido portal renascentista, abriga a Imagem de Nossa Senhora da Glória, proveniente de um navio naufragado no sêculo XVIII.
Após passar pela igreja de Santo António, sente-se numa das esplanadas da Praça Gil Eanes e deixe-se cativar pelo D. Sebastião, de rosto cândido e comovente expressão de criança perdida, esculpido por Cutileiro.

photo by Nimeacuerdo (Porto de Mós)

Descobrir o Algarve CM

4 comments:

Vieira Calado said...

O que nos vale, é que a maior parte das ruas do centro, estão vedadas ao trânsito automóvel.
Assim, sente-se melhor este ALLGARVE, que já não é nosso.

Anonymous said...

Parece-me mais uma triste ideia esta do Allgarve, tipicamente do nosso querido Poortugal! Como aparece na Visão se era para brincar com a palavra Algarve mais valia em vez de somar um L subtrair um G e ficar Alarve... Eu gosto do Algarve, mas não deste Allgarve. Gosto do Algarve das tascas, e detesto o dos retaurantes. Gosto do Algarve do arroz de navalhas e detesto de beers e pubs... Isto é para mim mais uma atitude cosmética para camuflar o que na realidade todos nós sabemos e nunca queremos assumir. Cada vez mais o turismo do Algarve é para os ALLgarvios...e menos para os POORtugueses. Tenho bons amigos no Algarve, e sei bem que são eles os primeiros a queixarem-se e a desgostar do crescente roubo da personalidade da região. Mas nem tudo é mau, afinal nest tão referênciado ALLgarve irá concerteza haver mais espaço para o aparecimento de More Zézes Camarinhas, que tornam o ALLgarve muito mais Pink, muito mais Nice...

Makejeite said...

Este seu "levantamento sobre o Algarve está muito interessante. Espero que continue e que agora avance para as terriolas, algumas bem interessantes.

JOAÕ said...

Gosto de ALL ALGARVE